terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Reflexão em modo de época natalícia



Porque estamos em época de Natal. Aproximadamente um terço da população mundial louva o nascimento de Jesus Cristo. Esta época natalícia quase na sua exclusividade se tornou num grande evento comercial. Mas podemos fazer uma reflexão mais ou menos filosófica consoante o gosto de cada um.
 Jesus Cristo, conforme nos é oferecido na Bíblia não era um preconizador da ordem e da tradição, era um Homem que encarou os poderosos da sua época e defendeu ideias que a consciência reinante não abraçava.
Consta-se que não é por acaso que acabou na cruz, depois de perseguido, preso e flagelado. Jesus Cristo morreu como um preso político nas mãos de Pilatos e dos seus eclesiásticos judeus. Não estava lá para ver, mas fazendo fé no que se conta, mas nunca esquecendo que quem conta um conto acrescenta um ponto.
Cifra-se que Jesus era odiado pelos poderosos. Sustentou a igualdade e a divisão dos bens como signo da igualdade social, desaprovando aqueles que se apegavam demais às riquezas. Digo eu, que Jesus Cristo só pode ser um verdadeiro socialista mas dos de esquerda.
Consta-se e exterioriza-se que “lutou” contra o ódio e a intolerância.
Pelos vistos as suas lutas foram inglórias, nos dias de hoje, mais de dois milénios depois, nosso Mundo continua profundamente desigual. Os cerca de 2% dos mais ricos da população Mundial conservam mais da metade de todas as riquezas. Os possuidores do poder perseveram esta organização de privilégios para reprimir o povo quando arrisca-se a enfrentá-la.

Muitos dos que hoje se dizem cristãos apreciam a desigualdade como fato inalterável e a validam pelo discurso hipócrita cheios de ódio e intolerância. Continuam a ser cúmplices com o silêncio nas lutas contra o racismo e xenofobia, na descriminação dos homossexuais e no silêncio cobarde da violência contra as crianças, mulheres e idosos.
Por isso volto a dizer, se Jesus Cristo só podia ser de esquerda socialista, estava com toda a certeza na linha da frente ao lado de quem luta pelos direitos sociais e humanos. Estaria com os sem-abrigo, com os negros, com as mulheres vítimas de violência domestica, com quem tem por opção outra orientação sexual.
Tenho quase a certeza que voltaria a ser preso e flagelado, da mesma forma que milhões de seres humanos continuam a ser por lutarem contra as desigualdades e justiça.

Seria com toda a certeza novamente crucificado, desta vez não pelo poder romano e os seus sacerdotes judeus, mas crucificado moralmente por muitos dos cristãos que, em seu nome continuam a combater tudo que ele defendeu.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Muita saudade de ti mãe…

Muita saudade de ti mãe…
Saudade tem sido um sentimento constante na minha vida de há dois anos para cá, mas em certos dias fico mais vulnerável a um sentimento específico. Nesses dias sinto ainda mais saudades da minha mãe, muito mais do que eu pudesse pensar que sentiria.
É uma saudade assim que não dá para explicar em palavras. É sentir muito falta, sentir um vazio. Querer estar com ela só mais um pouquinho! Felizmente, não sou daquelas pessoas que diz: “Depois que a gente perde é que a gente dá valor!“, pois eu sempre dei muito valor à minha e sabia que o dia que nós nos separássemos, ela iria fazer-me uma enorme falta, a mim e às minhas filhas. Mas é que agora que a separação é concreta, parece que a dor é bem maior do que eu poderia imaginar!
Agora o que dói muito é a saudade…
De tudo o que eu sinto saudade, o que mais me faz falta é de lhe poder dizer bom dia, de a ver sorrir junto das minhas filhas, de saber que mesmo com muitas dificuldades orientava o meu irmão, da companhia dela ao almoço. Eu sei que tenho muitas pessoas por perto, posso contar com muitos ouvidos… mas ninguém é igual, NINGUÉM SUBSTITUI A MINHA MÃE!
São pequenas coisas, pequenas mesmo, mas que fazem uma diferença tão grande e não existem mais. É a saudada que dói. Não é tristeza, é só saudade! Vontade de estar perto, de abraçar, de agarrar, de conversar…

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Porque hoje é simplesmente hoje!

Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos dar conta que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz um novo dia escondido, um dia que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não vivermos o hoje, ele vai perder-se.
É preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a trilho correcto para viver a vida, a nossa vida e não a vida aos olhares dos outros.

Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Quem vence que governe . Quem não vence que esteja atento.

O que eu desejava era uma coisa, outra coisa é a realidade e por isso quem vence é quem tem de governar.

Isto de conversas e negociações a nada vai levar, não existe possibilidade de qualquer acordo nesta altura, as posições estão extremadas. Não obstante o PS ser o partido que teve a maioria de votos, o PR entregou o governo ao PSD (não convocou o CDS pois não). No lugar do PS, abstinha-me quer no programa do governo quer no Orçamento de Estado para 2016 com o seguinte argumento: Nós PS achamos que o programa deste governo bem como o OE vai continuar a levar o País para o caos e os portugueses para a miséria, mas como nada se pode fazer neste momento, vamos deixar os portugueses perceberem quem na realidade vocês são. Se falharem (como acreditamos que falhem) proporemos junto do novo Presidente da Republica, um governo de coligação com o BE e o PCP para formarmos um novo Governo. Portanto, não nos podem acusar de estarmos a boicotar a vossa governação.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Desabafo da alma já que quem não deve favores políticos não teme!


Se a vitória da coligação me surpreendeu? Claro que não, um grupo bem restrito de amigos pode o confirmar.
Se me empenhei na campanha? Claro que sim. Adoro fazer política de proximidade, de escutar as pessoas, de as esclarecer e informar.
Se sou do PS? Sou socialista sim.
Se sou apoiante de António Costa? Claro que não, sou apoiante de Seguro, o que não significa ser contra António Costa.
Se os portugueses vão ter o que merecem? Claro que vão, e desta vez não tenho disponibilidade para ouvir as suas lamurias.
O partido Socialista perdeu, a Coligação PSD/CDS-PP venceu, mas será que podem cantar vitoria ou para passarem à fase seguinte dependem do PS? Claro que dependem e disso não tenham a menor duvida. Quem vence que governe, mas neste caso em concreto vai precisar de outros para governar, e espero muito sinceramente que o PS esta firme, não aposte no “nim” porque corre o risco de continuar a ver o eleitorado a fugir para o Bloco de Esquerda.
Duvidas que a subida do Bloco se deve a militantes/simpatizantes do PS? Não tenham, mas também podem ter a certeza que esses militantes e simpatizantes não votaram no Bloco mas sim na Catarina Martins, porque a observam como um líder, um verdadeiro líder de esquerda.
Nas muitas conversas que tive durante a campanha eleitoral, muitos militantes e simpatizantes, afirmaram que não iam votar no PS porque tinham receio que António Costa fizesse a Portugal o que fez a Seguro, e ai não tive argumentos para os contradizer, porque também é o mesmo sentimento, mas votei PS.
Se internamente pode ficar tudo como está após esta derrota e tendo como base o que se passou com a pequena vitória de Seguro nas eleições europeias? Claro que não pode, mas tudo a seu tempo. Março é o tempo certo, e Maio o mês ideal …
Só espero que o PS faça política de esquerda e não estenda a passadeira a este governo fascista.
Continuarei este desabafo em outra altura.




sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Mais um ano e mais uma Festa em Chelo em Honra da Nossa Senhora do Livramento.


O que refleti e deixo por escrever …

A Comissão de Festas de Chelo 2015, tentou manter a tradição, mas não deixou de inovar e de ter responsabilidade ecológica ao reaproveitar toda a madeira da Festa de Chelinho. Foi com muito gosto que apostou em grupos da Freguesia e dos Concelhos vizinhos de Poiares e de Mortágua. Tivemos a participação em força da nossa Freguesia de Lorvão, com a actuação da Filarmónica Boa Vontade Lorvanense, DOS Cavaquinhos da Rebordosa e as Concertinas do Caneiro.
Foi com enorme prazer que tratei de toda a parte burocrática e logística, foi com um enorme desgaste físico e psicológico que eu e mais dois e por vezes três elementos da comissão de festas 2015 e alguns colaboradores conseguimos a tempo e horas que tudo estivesse pronto para a inauguração da Festa. Foi uma luta bem dura contra muita coisa e muita gente, mas foi uma enorme satisfação estar tudo pronto no devido tempo.
 A Festa começou, as gargantas estavam secas e afinadas para uns bons “metros” de cerveja, o recinto da Festa estava enfeitado, iluminado e com som ambiente, mas tudo feito pela Comissão de Festas de Chelo 2015, nada foi pago ou contratado, fui tudo trabalho da Comissão (este ano não se enfeitou as ruas porque é proibido utilizar fitas plásticas por não serem degradáveis e por colarem em risco a segurança das pessoas automobilistas).
Apesar das constantes e normais críticas a quem organiza a Festa de Chelo, a mesma correu muito bem, posso mesmo dizer que foi a mais diversificada Festa que se realizou em Chelo nos últimos 20 anos.
A politica da Comissão de Festas foi realizar um cêntimo a mais de receita em relação à despesa, por isso mesmo todos os eventos que realizamos e preços praticados na Festa foram pouco mais que o preço de custo e da confecção, com excepção do preço da cerveja que serviu para compensar a oferta da água às crianças e da “bucha” a todos os Grupos convidados a actuar em Chelo.
Existiram coisas que correram menos bem, outras que correram bem melhor do que o esperado, fizemos apostas de risco que correram de forma excelente e vão ter seguimento na Festa de Chelo 2016, até porque a maioria dos elementos da Comissão vão ser os mesmos.
A Festa de Chelo encontra-se arraigada, cresce dentro de nós a necessidade impetuosa de mergulhar na memória, tornar presente o passado e descobrir que há mudanças inevitáveis. Já nada é como era e nada voltará a ser como foi!
Mas estamos sempre dispostos a procurar e encontrar pequenos indícios do passado para abrilhantar a Festa do presente: nem que seja através dos jogos tradicionais e dos bailaricos, e na aposta de Grupos musicais, de dança e teatro da nossa Freguesia de Lorvão e do Concelho de Penacova. Se alguém de Chelo dentro das suas actividades culturais ou desportivas ou mesmo a nível individual quiser participar será bem-vinda.
É no Jardim – Parque Infantil de Chelo, naquele recinto que a Festa vai ser realizada no ano de 2016, e que a Comissão de Festas vai tentar fazer alguns melhoramentos e comprar/fazer alguns novos equipamentos para as futuras Comissões de Festas de Chelo.
Até mesmo os mais críticos e cépticos tiveram de se render à boa organização da Festa que é de todos e para todos.
Para o ano voltaremos, vamos com toda a certeza manter o que de bom foi feito este ano e tentar inovar mais uma vez, sempre com o intuito de promover o convívio, a partilha e a amizade entre todos. Sugestões são bem vindas, criticas construtivas também.

Obrigado a todos que com muito esforço, dedicação e empenho, puderam proporcionar nos dias dos eventos e nos dias de festa um excelente convívio, partilha, amizade e diversão.


Jorge Neves

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

A Cabeça de Lista do PS por Coimbra, Helena Freitas, é muito diferente da maioria dos políticos ...









No passado domingo estive presente na Feira da Espinheira em Penacova para uma manhã de campanha eleitoral junto dos meus camaradas do PS e da JS de Penacova. Éramos muitos e com a excepção da Cabeça de Lista pelo Circulo de Coimbra éramos todos de Penacova ao contrário de outros que por lá andaram.
Foi uma manhã bastante produtiva, onde se ouviu as pessoas, mais do que conversar com elas, escutámos com bastante atenção.
Existe muito sofrimento, muitas dificuldades a vários níveis e muita vergonha de exteriorizar o que realmente estão a viver no dia a dia.
Foi uma manhã onde fomos recebidos de braços abertos e as frases que mais ouvimos foi “ correm com o Coelho e com o Portas” e “ não costumo votar no Partido Socialista, mas desta vez vou votar e é para ganhar”.
A Cabeça de Lista do PS por Coimbra, Helena Freitas, é muito diferente da maioria dos políticos que eu andei em várias campanhas eleitorais, toma a iniciativa, vai na frente sem medos, sabe escutar e principalmente sabe muito bem o caminho que quer seguir.

Vamos no caminho certo.

domingo, 6 de setembro de 2015

Porque voto PS?! É pela Helena Freitas e pelo Pedro Coimbra...



Foi um grande prazer receber a Hlena Freitas por terras de Penacova e poder dar-lhe um abraço e dizer-lhe pessoalmente o que ela já sabe e pode contar...
Ao Pedro um abraço de amizade pura !
Voto PS !

terça-feira, 23 de junho de 2015

Chelo : Arraial Santos Populares dia 27 de Junho


Arraial dos Santos Populares  

Sábado dia 27 de Junho a partir das 14h00

Jardim Publico de Chelo

Febras - Sardinha - Caldo Verde - Vinhos e Petiscos


Comissão de Festas de Chelo 2015

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Dia 19 de Julho : 1º Passeio de Ciclomotores de Chelo


A Comissão de Festas de Chelo 2015, realiza no próximo dia 19 de Julho, o 1º Passeio de Ciclomotores

As inscrições podem ser efetuadas até ao dia 12 de julho e têm um custo de 10 capacetes para quem quiser participar no passeio (que inclui pequeno almoço, passeio, reforço alimentar e almoço/convívio com tarde de karaoke) ou de 7.5 capacetes para quem apenas pretender almoçar. Animação com Karaoke



Percurso 
Chelo - Chelinho - Lorvão ( a) - Sernelha - Moinhos de Gavinhos (b) - Telhado - Espinheira - Penacova - Rebordosa - Chelo (c)

a) Fotografia de Grupo
b) Reforço alimentar
c) Almoço 




Inscrições : Café Manekas em Chelo - Sede UPCC ou jncriativo@gmail.com

O evento só se realiza se existir numero suficiente de participantes inscritos

terça-feira, 16 de junho de 2015

Chelo : Passeio de bicicletas dia 19 de Julho


Ø Bicicletas

ü Percurso :

ü  Chelo –  Rebordosa – Caneiro – Rebordosa com paragem no Parque Merendas (a)  –  Louredo   Ronqueira – Carvoeira –Ponte –Chelo

ü  a ) Fotografia de Grupo e reforço alimentar

ü  Concentração às 9h00 no Jardim de Chelo
ü  Inicio Percurso às 9h30

Inscrições até dia 12 de Julho de 2015 :

Café Manekas – Sede do UPCC – email : jncriativo@gmail.com

Inscrição :

ü  10 pedaladas  – Pequeno almoço + Passeio + reforço alimentar + almoço/convivio – tarde de karaoke .
ü  7 pedaladas  e meia  : Almoço/convivio + Tarde karaoke 
ü  Karaoke – Entrada livre


v  O evento só se realiza se existir numero suficiente de participantes inscritos

CHELO : Jantar/Baile com RM dia 20 de Junho 2105


Musica ambiente e animação a partir das 14h00

Jantar pelas 20h00 ao som dos R&M .
Jantar 5 euros - Arroz de Feijão -Barriguinha- Pão -Caldo Verde (a partir das 00H30)
Baile Entrada Livre


1º Passeio de Ciclomotores de Chelo - Dia 19 de Julho

A Comissão de Festas de Chelo 2015, vai realizar no próximo dia 19 de julho, o 1º Passeio de Ciclomotores de Chelo

As inscrições podem ser efetuadas até ao dia 12 de julho e têm um custo de 10 capacetes para quem quiser participar no passeio (que inclui pequeno almoço, passeio, reforço alimentar e almoço/convívio com tarde de karaoke) ou de 7.5 capacetes para quem apenas pretender almoçar.

Inscrições : Café Manekas em Chelo - Sede UPCC ou jncriativo@gmail.com

O evento só se realiza se existir numero suficiente de participantes inscritos



quinta-feira, 4 de junho de 2015

Em Chelo - Freguesia de Lorvão - Penacova : Comemorar o Dia de Portugal com Jogos Tradicionais


A Comissão de Festas de Chelo 2015 organiza no próximo dia 10 de Junho a partir das 14h00 o 1º Evento de Jogos Tradicionais para comemorar Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.
Para além da comemoração do Dia De Portugal, do excelente convívio geracional pretendemos preservar a tradição dos jogos tradicionais enquanto atividade lúdica de cariz cultural e popular.
O Evento realiza-se no Jardim Publico de Chelo, e vai ter o Jogo do Prego na Garrafa, do dominó, da sueca, da corda, do prego, da corrida da colher de pau, da farinha com água, do fito entre outras surpresas. 
Todos os participantes vencedores de cada um dos Jogos Tradicionais terão uma pequena lembrança (medalhão alusivo ao evento).

Compareçam e ajudem a manter bem viva a nossa tradição.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Jogos Tradicionais em Chelo dia 10 de Junho.

Este evento organizado pela Comissão de Festas de Chelo 2015 consiste na promoção de um convivio entre a população de Chelo e de todos os amantes dos Jogos Tradicionais.

Tarde de Jogos Tradicionais no Jardim Publico de Chelo

Jogo Prego na Garrafa
Jogo Dominó
Jogo da Sueca
Jogo da Corda
Jogo do Prego
Jogo da Corrida com Colher de Pau
Jogo do Fito( com malha de borracha)

PRÉMIOS AOS VENCEDORES DE CADA JOGO

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Basquetebol em Chelo - Penacova


Amanhã vai ser assinado um Protocolo do UPC de Chelo e o CAD – Associação Basquete pelas 17H00 no Pavilhão do UPC de Chelo.
Se bem me lembro a implementação do basquetebol em Penacova era um projecto do anterior Presidente da Câmara Municipal o Engenheiro Maurício Marques, projecto esse que nunca arrancou.
Segundo sei, o CAD reuniu com a Câmara Municipal de Penacova, mas precisamente com o Senhor Vereador do Desporto e chegaram à conclusão que a melhor opção para acolher a equipa do CAD era em Chelo. Uma escolha que tem a intenção de promover o Pavilhão, de dinamizar Chelo e implementar o basquetebol no Concelho de Penacova. Posteriormente existiu uma reunião entre todas as entidades envolvidas onde ficou tudo acordado entre as partes e quero salientar o envolvimento do UPC DE Chelo na pessoa do seu Presidente neste projecto.
Se estiver enganado peço que me corrijam, mas salvo erro as despesas vão ser por conta da Câmara Municipal de Penacova, incluindo a requalificação do Pavilhão do UPC de Chelo, já que o mesmo não está preparado para a prática do basquetebol.

A equipa sénior feminina de Basquete do CAD, na próxima época vai treinar e jogar no Pavilhão de Chelo, e mais uma vez o UPCC vai ser pioneiro a implementar uma modalidade oficial no nosso Concelho.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Compra/venda da Escola Silva Gaio . A ver vamos !



Como Representante dos Pais e Encarregados no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Coimbra Centro subscrevo na íntegra o comunicado do Agrupamento pela falta de respeito pelos pais e encarregados de educação e principalmente para com os alunos.
É lamentável ter conhecimento da intenção de compra da Escola Silva Gaio por parte da Universidade de Coimbra, estando esta compra só dependente do Ministério das Finanças e pelos vistos já com a concordância do Ministério da Educação.
Na qualidade de membro do Conselho Geral, troquei recentemente correspondência com o Ministério Finanças, Direcção Geral do Tesouro e com a Direcção de Serviços da Região Centro, todos eles afirmaram que não existe intenção de vender a Escola Silva Gaio nem de encerrar a mesma.
Pois bem, aqui alguém está a faltar à verdade, mas os pais e encarregados de educação não vão permitir mais especulação acerca deste assunto, vão exigir um esclarecimento público das entidades envolvidas, e estão empenhados em não deixar que a Escola seja vendida.
Estas estratégias quando se prepara um novo ano lectivo têm tudo menos de inocentes, têm um propósito, passam de um silêncio premeditado e da negação das pretensões para o alarmismo e o lançar do pânico nos pais e encarregados de educação com o intuito de diminuir o número de alunos na Escola para levarem em frente a sua intenção.
Os pais e encarregados de educação vão estar atentos e vigilantes e vão defender com unhas e dentes os superiores interesses daquelas crianças e da escola pública.
Jorge Neves
Representante dos Pais e Encarregados de Educação no Conselho Geral do Agrupamento Escolas Coimbra Centro

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Pedido de divulgação



“ 1 - Como habitante e utente da zona envolvente à Escola Secundária D. Duarte e Urbanização da Quinta da Várzea, venho por este meio anexar duas fotografias tiradas ao pavimento, junto à entrada da referida Urbanização e da Escola Secundária, perto da paragem do autocarro, na rua principal - R. António Augusto Gonçalves.
Como podem constatar, as passadeiras não são visíveis, existem somente vestígios de marcas.
De lembrar que, a zona é percorrida por crianças que frequentam a referida escola e que quando saem dos autocarros tem que obrigatoriamente utilizar as passadeiras que não estão marcadas.
Assim, para que circulem em segurança, solicito a vossa intervenção por forma a chegar ao departamento camarário indicado, o mais rápido possível.
Atenciosamente,
I.P.
__________________________________//_____________________________________________

2 - Face à falta de resposta aos vários pedidos para a união de freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas, para o Departamento de Transito e por último para a Policia Municipal, venho assim reiterar o pedido de pintura das duas passadeiras existentes na Rua António Augusto Gonçalves junto à entrada para a Urbanização da Quinta da Várzea e para a Escola Secundária D. Duarte.
Aguardo que este email resulte, de modo a que daqui a dias não aparece uma noticia de um atropelamento nesta zona, em virtude da falta de marcas no pavimento.
Subscrevo-me,
I.P.”

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Pai e Mãe - Saudade é o amor que fica

Quando cheguei ao hospital para tentar ver o meu pai ainda com vida, já não consegui, não sei explicar o
sentimento, foi uma mistura de impotência, tristeza, amargura e fraqueza que me consumiu, a notícia era esperada mas nunca pensei eu fosse tão rápida ao ponto de não lhe poder dar um último beijo em vida. Se o que me pediu e tentarei cumprir com maior ou menor dificuldade. Sinceramente não desejo isto a
ninguém,por mais que eu saiba que é uma realidade que todos um dia vão ter enfrentar.
Embora não pareça sou uma pessoa muito fechada ao lidar com meus problemas, acho que eles são meus e ninguém precisa sofrer comigo, mas nesse episódio, também aprendi que é preciso dividir a dor com as pessoas que amamos, pois da mesma forma que elas nos querem para a alegria, elas também estão ali para o abraço apertado, pela palavras amigas e pelo olhar carinhoso. Obrigado a todos que me apoiaram de uma maneira ou de outra.
Fica aqui a minha forma de despedida e a certeza de um novo recomeço para nós e para ele. Unidos sempre, mas de forma diferente.
Pai, ou carinhosamente Neves
Dessa vez fui quem não usou aquele ditado popular que devemos falar em vida, já que depois pode ser tarde demais…
 Sei que não vou ter resposta tua, mas também sei que sabes como sou e como penso mesmo do meu jeito mais frontal e por vezes desconcertante mas sou assim .
 Eu entendia aquela tua cara de desilusão com a vida, tentava contrariar-te por vezes mas era simplesmente para reagires e continuares sempre a lutar pela vida.
Nunca te abandonei mesmo após a morte da mãe, quanto tiveste o AVC e depois quando te detetaram cancro, só não consegui prolongar-te mais a vida, mas estavas já em muito sofrimento físico e psicológico. Não me queixo de andar contigo ao colo, de ter de te dar banho, alimentar, vestir-te, de andar quase diariamente nas urgências contigo.
Foi desgastante, sabes isso muito bem, cheguei a estar desesperado e esgotado mas sempre pronto para voltar a fazer tudo e foi assim nos últimos meses.
A nossa vida nunca foi calma, nem tranquila devido ao que sabemos, mas sempre juntos tentamos ter uma vida estável.
A única coisa que não consigo entender é o motivo de em menos de dois anos o pai e a mãe terem
falecido de cancro, isso revolta-me. Não consegui adiar o vosso destino, mas estou de consciência tranquila porque enfrentei tudo e todos para vos dar a melhor qualidade de vida e o menor sofrimento possível. Vocês também sabem bem disso.
Agora vou poder falar contigo e com a mãe a qualquer momento e em qualquer lugar, pois mesmo que não queiras, vão estar sempre a acompanharem-me em todos os minutos da minha vida, vão continuar a ser os meus anjos da guarda, vou dar-vos muito trabalho como já sabem mas vão olhar por mim e pelas vossas netas eu gostavam de vocês como se fossem os pais delas.
Sabias muito bem que sou meio cético nessas coisas de espiritualidade, mas se tudo isso existir, sei que a tua/vossa presença estará sempre ao meu lado, ao nosso lado.
Vai em paz pai, agora estás junto da mãe, ambos continuam presentes entre nós e tudo iremos fazer para sorrir e pensar sempre em vós.
“Saudade é o amor que fica!” É essa saudade boa e das nossas recordações que vou deixar o tempo colocar no meu coração.



quinta-feira, 26 de março de 2015

quarta-feira, 25 de março de 2015

Os 103 da Ti Diléne.

Fotografia do amigo Calhau da Rebordosa


E com todo o gosto que presto esta singela homenagem a uma conterrânea de Chelo, Freguesia de Lorvão, à Ti Diléne pelos seus 103 anos de idade. Salvo erro é a mulher mais idosa nascida no Concelho de Penacova.
A Ti Diléne da Silva nasceu a 25-03-1912 em Lorvão e reside há mais de 60 anos na aldeia de Chelo, é uma jovem completamente independente e lúcida. Teve 3 filhos,tem 11 netos, 17 bisnetos e 9 trinetos.
Muitos parabéns!

terça-feira, 24 de março de 2015

Desabafo da alma!

Tenho uma raiva enorme sentir que todo o meu compromisso pessoal, emocional, familiar vai se esfumando diariamente sem qualquer tipo de resultado animador.
As forças para continuar a persistir começam a esgotarem-se.
Mesmo esgotado não desisto! É desta fibra a minha essência e a minha maneira de estar na vida. A minha persistência pode-me levar ao abismo físico e mental, mas garantidamente que volto a reerguer-me e continuo a perseverar.
Sem a menor duvida que prefiro perder tentando, do que por não tentar e alcançar coisa nenhuma.


segunda-feira, 23 de março de 2015

Fonte Histórica de Chelo de 1113

Fotografia retirada de : http://umpigodeluz.blogspot.pt

Pode ver mais fotografias da Fonte Histórica de Chelo em :
http://umpigodeluz.blogspot.pt/2012/12/fonte-historica-em-chelo-lorvao-penacova.html

quarta-feira, 18 de março de 2015

EN110 - Estrada Verde - Agradecimento da Comissão de Utentes ...




Agradecimento à Estradas de Portugal

A Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 entre Penacova e Coimbra, vem agradecer à Estradas de Portugal a intervenção que está a realizar em toda a declive direito entre Penacova e Coimbra. O corte de árvores caducas, arvoredo e arbustos e a colocação de redes de suporte no declive para impedir a queda de pedras para as faixas de rodagem aumentam em muito a segurança rodoviária para além de tornar a nossa “rua” muito mais aprazível.
A Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110 não foi criada só para fazer críticas, mas sim para estar vigilante e atenta à nossa “Rua” e quando tem de enaltecer a obra realizada não tem problema de fazer o agradecimento público.
A Nossa Comissão de Utentes da EN110 tem a consciência de preservar e prolongar a vida útil da EN110, mais conhecida pela Estrada Verde, que é património histórico e paisagístico.
Mais uma vez queremos agradecer à Estradas de Portugal a sua intervenção e que estas obras de manutenção/conservação continuem, já que se enquadram na preservação do nosso património histórico e pela sua natureza intrínseca.
 A Comissão de Utentes da EN110 ENTRE Penacova e Coimbra, continua disponível para colaborar com a Estradas de Portugal sempre que seja e solicitada.

Comissão de Utentes da Estrada Nacional 110